sábado, 24 de abril de 2010

A calça social preta


Você já conheceu a namorada do Matuto, não? Então vai lá primeiro e depois volta aqui.
http://desinformadoss.blogspot.com/2009/10/esta-estoria-nao-e-totalmente-de-nossa.html... ... ... pronto? Então vamo lá.
Uma entrevista de emprego, como o último ela teve que jogar fora de tanta vergonha, essa era a chance de pagar aquele tratamento de acne miserável que não dá resultado nunca.
A calça ela já tinha, aquele modelinho padrão preto, sem graça, que não aparece nada, faltava a blusa. Qualquer ser humano normal vai ao shopping e compra uma, mas ela é a namorada do Matuto.
Pra difícil tarefa de escolher uma blusa para combinar com a calça foram escaladas a mãe da moça e a calça, afinal é impossível saber se uma peça de roupa combina com uma calça preta sem estar com ela a tiracolo.
Já ouviu falar que pobre é uma desgraça? Então, é verdade, elas vão ao shopping e deixam o carro parado do lado de fora para economizar o estacionamento. Vai ser pão duro assim lá no meio do inferno!
Enquanto elas escolheram a blusa, São Pedro resolveu sacanear, choveu como se fosse o último dia do mundo, o que nem é tão raro em São Paulo e alagou tudo.
As antas, em vez de esperar a água baixar, resolvem ir pegar o carro, uma partida, duas partidas... Nada. Quem foi o gênio que resolveu parar na rua mesmo?
Já com água até os joelhos elas tentam voltar para o shopping, e a calça que estava no braço da mãe foi... Embora na enxurrada.
Desesperada, a namorada do Matuto chorava, gritava, estava aos prantos de perder a calça social preta, como ela faria a entrevista amanhã? A mãe resolveu bancar a heroína e foi buscar a calça. Levou vários olés e a enxurrada venceu o desafio.
O Seguro buscou o carro que ficou dois meses sendo consertado para economizar dez reais e a moça ficou tão abalada por perder seu bem mais valioso que não passou na entrevista.
Por causa da calça? Não, falta de cérebro mesmo.
Postar um comentário