segunda-feira, 9 de setembro de 2019

YouTube - Kindle Unlimited. O que é. Como funciona - T02E20

Salve galera.

Hoje é dia de vídeo novo no canal Desinformadoss.

E hoje você vai saber todos os detalhes sobre o Kindle Unlimited da Amazon​. O serviço conhecido como a Netflix dos livros.






Nos ajude curtindo e compartilhando o vídeo, inscreva-se no canal e concorra a prêmio!



Abraços



Dan Folter

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

YouTube - Cem gramas de centeio de Agatha Christie - T02E19

Salve Galera



Hoje tem vídeo novo do Desinformadoss.

E hoje falamos da grande Agatha Christie com o livro Cem gramas de centeio.

Confiram.



Compre aqui: Livraria da travessa









Se inscrevam no canal para nos ajudar e compartilhem esse vídeo com os amigos.



Grande Abraço



Dan Folter

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Youtube - Turma da Mônica Laços, Filme e HQ - T02E18

Salve galera!!!



Venham ver o que achei de Turma da Mônica Laços, o filme e a HQ.



Compartilhem com os amigos!!!







Inscrevam-se no canal para nos ajudar a crescer!!!



Grande abraço



Dan Folter

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Lançamento - Théo e a maldição das cores de Anaté Merger

Olá desinformados, tudo bem com vocês?

Hoje eu quero falar com vocês sobre um lançamento de uma autora bastante talentosa, a Anaté Merger, com o livro Théo e a maldição das cores



Como você podem imaginar pela capa, o livro tem um público alvo infanto-juvenil, mas uma olhadinha mais cuidadosa na sinopse já nos mostra que, como todo bom livro para os mais jovens, há outras camadas que irão agradar também aos mais experientes.

Dados Técnicos:
Título: Théo e a Maldição das Cores.
Autora: Anaté Merger.
Público: Infanto-juvenil.
Páginas: 242.
Categoria: Aventura/Fantasia.

Formatos: e-book (Amazon) e impresso (Editora Portal).
Link de compra: https://www.editoraportal.com.br/product/theo-e-a-maldicao-das-cores/

Sinopse: Os Cinco Reinos ficam em um local encantado onde apenas a imaginação pode alcançar.
Em Azurium, o azul domina a paisagem em um céu sem nuvens que se reflete nos olhos quase transparentes dos habitantes.
Em Lux, o amarelo brilha em diversos tons quando o vento brinca nos campos de trigo.
Em Viridis, o verde se estende por quilômetros a perder de vista em florestas fechadas.
Em Lilac, é o roxo da lavanda que predomina nas construções e principalmente nos campos quando as pequenas flores em forma de estrela se abrem durante o verão.
Em Dracoon, o marrom das escamas do dragão, símbolo do reino, é o mesmo tom que os habitantes têm nos olhos, cabelos e pele.
Pele.
Nos Cinco Reino, a cor da pele era coisa mais importante que existia. Tão importante, que uma lei muito estranha e severa afirmava que aqueles que nascessem diferentes deveriam ser banidos.
Diferentes como Théo, o príncipe herdeiro de Dracoon.
Filho único do rei mais rico e poderoso dos Cinco Reinos, Théo tinha tudo para se tornar um monarca sábio, leal e justo, mas antes de completar dez anos, os pais dele lhe contaram um segredo: ele nasceu diferente e para que permanecesse no reino usaram uma poção mágica que, infelizmente, só fez efeito por uma década.
Agora, o príncipe Théo deve atravessar os Cinco Reinos até chegar na Floresta das Almas Perdidas onde mora Blanche, a bruxa, para receber de novo a poção, e nesse caminho que vai lhe mostrar quem realmente ele é, Théo vai contar apenas com um cavalo, um gato falante, um monstro azul, muita coragem e a sua torcida.

Logo de cara identifiquei alguns elementos clássicos de uma boa fantasia infanto-juvenil como um gato falante e o fato de o personagem principal precisar sair em uma aventura, conhecer o mundo em torno dele e nos levar como passageiros.

Ainda não li a obra, mas já gostei bastante da forma como a autora abordou a questão do racismo. Hoje parece que o racismo está muito ligado a apenas um grupo e não é tratado com a mesma seriedade quando as vítimas pertencem a outros grupos.
Em "Théo e a maldição das cores" a autora utiliza um mundo fantástico e explica o conceito do racismo em si, desassociado com este ou aquele grupo.

Vocês podem ter uma boa ideia do que vem por aí com este trechinho retirado da obra:

"Os homens e mulheres nascidos em Dracoon devem portar as cores do reino na pele, nos olhos, nos cabelos e nas roupas. Qualquer outra cor não será permitida. Quem desrespeitar essa lei será banido."

Eu já li uma obra da autora, uma história que mistura o contemporâneo com o romance de época e gostei muito do resultado. Você pode ver o que eu achei de "Luz e sombra" aqui:https://desinformadoss.blogspot.com/2019/02/resenha-luz-e-sombra-de-anate-merger.html

Saiba um pouco mais sobre a obra pelo press release que nos foi enviado:


Um livro, uma noite. A rotina foi alterada quando a autora Anaté Merger trocou as leituras habituais por uma ideia inteiramente nova: contar para o filho uma aventura que ela mesma imaginou.
Théo e a Maldição das Cores surgiu alguns meses depois. Mas a edição que você vai encontrar na Bienal precisou de muito mais tempo para ficar pronta. Além da pesquisa sobre a Idade Média para dar corpo à aventura, vida aos personagens e adaptar as cidades de Carcassonne, Aïgues-Mortes e o bairro medieval de Luxemburgo como cenários, foi necessária uma cuidadosa e longa revisão.
A autora e a Editora Portal esperam que você aprecie o resultado desse trabalho e possa desfrutar de um momento mágico ao ler a história do príncipe de Dracoon para os seus filhos.



É isso aí, desinformados. Se vocês forem à bienal do Rio de Janeiro, procurem pelo livro e depois nos digam o que acharam.

Ele estará na Bienal do Rio de Janeiro: do dia 30/08/2019 ao dia 08/09/2019, Pavilhão Verde, estande N° 91. 

Abraços

Dan Folter

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Resenha - Planeta Brutal de Raphael Miguel

Salve galera!! Como estão?

Hoje eu vou resenhar para vocês uma distopia que se passa em pleno Brasil.
Desde que escrevi a minha própria distopia que se passa também por aqui, tenho prestado mais atenção a obras com essa pegada.

Não conhece a minha obra, Um Poema de Guerra? Então confira aqui: https://desinformadoss.blogspot.com/2018/06/um-poema-de-guerra-chegou.html

Mas agora vamos à resenha de hoje:

CAPA: 

Começamos bem! A capa, além de bonita, mostra a nossa personagem principal em um deserto, nada melhor para mostrar o que vem por aí.

SINOPSE"Os eventos que culminaram no Primeiro Dia assolaram a face do Planeta Terra. Com a população reduzida drasticamente e com os efeitos das extinções de espécies e do aquecimento global, os sobreviventes tiveram que se adaptar a uma nova realidade... uma realidade feia, cruel, visceral, BRUTAL.

Em meio ao caos, após ter vivenciado o lado mais horrendo dos remanescentes, uma mulher leva seu pequeno filho pelo deserto sem fim na intenção de encontrar um lugar melhor para sobreviver, mas o perigo espreita pelos cantos e cada passo pode ser mortal. 

Com um ritmo alucinante, “Planeta Brutal” irá te levar a um mundo caótico, com uma trama repleta de reviravoltas através de personagens fortes e marcantes que não têm limites para alcançar seus objetivos."

DADOS TÉCNICOS: 2017, 302 páginas, Editora Coerência, Raphael Miguel


RESENHA: Planeta Brutal (uma singela homenagem ao grande Alice Cooper) é a típica distopia de fim de mundo. Um evento chamado na história de "primeiro dia" onde uma espécie de cataclismo bíblico destrói o mundo como o conhecemos deixando apenas alguns sobreviventes para disputarem as migalhas é o estopim para a obra.

Não fica muito claro o que aconteceu, mas isso não incomoda, já que o livro é narrado em primeira pessoa e os personagens não sabem realmente explicar o primeiro dia. Há somente alguns comentários dando a entender que o aquecimento global tem algo a ver com o fim do mundo.

CONFUSÃO E REPETIÇÕES: Como já dito, o livro é narrado em primeira pessoa, mas não apenas pela personagem principal, Kaiara.
Ao invés disso, o livro alterna o narrador a cada capítulo e principalmente no começo da obra é um pouco difícil entender quem está falando, principalmente quando aquela é a primeira vez que um personagem aparece. Isso acontece até a metade do livro, muitas vezes de forma meio brusca.
Talvez se o autor colocasse quem está narrando no começo do capítulo ficasse mais fácil de compreender.

Outra característica gerada por essa narração alternada é a repetição das cenas. Muitas vezes temos a mesma cena narrada por mais de um personagem, o que ajudaria a enxergar a perspectiva diferente de cada pessoa sobre um mesmo evento, entretanto, em certas horas o recurso fica um pouco exagerado e acabamos tendo um certo "mais do mesmo"
As repetições também acontecem em palavras específicas. O autor usou demais palavras como "brutal" e "danação" e acabou desgastando aquilo que deveria ter tido destaque.

VISCERAL: Planeta Brutal é um livro violento. Mais de metade do conteúdo é a descrição de lutas entre os personagens, a maioria delas envolvendo a perda de membros, quebra de ossos, tripas no chão e muito, muito sangue derramado. Em alguns momentos você se sente em uma sessão de RPG devido aos turnos de cada combatente na luta.

O autor não poupa nem velhos, nem crianças da carnificina, entretanto, resolveu manter a violência apenas nos combates. As cenas de tortura não são descritas tão detalhadamente e não há descrição de violência sexual, apenas a menção de que podem acontecer.

Se você é sensível a cenas violentas, este livro não é para você.

GEORGE R.R. MARTIN?: Outro detalhe importante de planeta brutal é que você não deve se apegar a nenhum personagem. A qualquer momento eles podem ser mortos e nenhum deles se comportará como herói, o que condiz perfeitamente com a ideia de um mundo onde a sobrevivência é a maior necessidade. Um dos pontos positivos da obra.

PERSONAGENS: Como eu disse acima, não dá para se apegar muito aos personagens, já que eles morrem o tempo todo ou não são exatamente heróis, entretanto a narração em primeira pessoa não consegue dar tempo suficiente a nenhum deles, nem mesmo à protagonista para que haja essa empatia toda. Não são personagens ruins, mas poderiam ter sido melhor trabalhados.

VÍRGULAS E ERROS INACEITÁVEIS: Planeta Brutal é um livro que tem um ritmo de leitura bastante rápido, e isso nos faria virar as páginas rapidamente não fosse um problema irritante: as vírgulas.
Elas estão em todo lugar, inclusive em lugares aonde não deveriam estar, mostrando que, ou o livro não foi revisado, ou o revisor precisa estudar urgentemente o uso das vírgulas.
Além delas, o livro ainda está cheio de errinhos de digitação como palavras juntas e erros ortográficos.
A literatura nacional continua a fazer livros com capas belas e diagramação de primeira, mas com revisões precárias. Uma pena.

CONCLUSÃO Planeta Brutal traz uma proposta interessante e uma história redondinha. O final é coerente e satisfatório, mas se você não gostar há ainda um final alternativo.
A narração um pouco confusa e a revisão ruim estragam um pouco o prazer de ler, mas ainda assim é um bom livro, mas que irá agradar somente a um tipo específico de leitor que gosta ou não se importa de ler obras mais violentas e viscerais.

Nota 3,5 no Skoob, um livro que podeira ter ficado excelente se tivesse tido um pouco mais de esmero em sua produção.

E você? já tinha lido ou sequer ouvido falar dessa obra? Então diga aqui o que achou ou a sua expectativa de leitura.

Abraços

Dan Folter

quarta-feira, 31 de julho de 2019

UM POEMA DE GUERRA, DE DAN FOLTER pelo canal Literature-se

Salve galera.



O canal Literature-se fez uma excelente resenha sobre "Um Poema de Guerra"

Prestigiem o canal e depois passem por aqui e me chamem inbox para pedirem uma cópia para vocês também.









Você pode ter o seu em versão física: https://loja.xequematte.com/um_poema_de_guerra

Ou em versão digital: https://www.amazon.com.br/dp/B07L456V9Y



Aquele abraço a todos



Dan Folter!

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Youtube - Crepúsculo de Stephenie Meyer - T02E17

Salve galerinha.



É vídeo da semana polêmico que vocês queriam?

Então toma!

Crepúsculo de Stephenie Meyer, vem saber o que eu achei do livro e do filme.







Votem também na leitura do mês de agosto.



Curtam, compartilhem e se inscrevam no canal.



Abraço



Dan Folter

segunda-feira, 22 de julho de 2019

YouTube - Amigos para sempre - T02E16

Olá pessoal.



Hoje é dia de falarmos de "Amigos para sempre?", uma obra composta por 4 histórias sobre amizade e que foi publicada pela Ler Editorial.



Nesse vídeo:

- Saiba como foi o primeiro concurso Luvbook;

- Conheça o trabalho de 4 ótimos autores e este que vos fala incluso.

- Compre o seu: http://www.lereditorial.com/product-page/amigos-para-sempre

- Ou peça autografado: danielregis@hotmail.com








Grande abraço



Dan Folter

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Inverso e Reverso + Leitura do mês - T02E15

Salve Galera.

Hora de leitura do mês com os livros Reverso e Inverso da Karen Alvares​ e publicado pela Editora Draco​.

Aproveitem para votar na leitura do mês de Julho.







Aquele abraço



Dan Folter

terça-feira, 25 de junho de 2019

YouTube - Quase morto de Dan Folter no Chatflix - S02E14

Salve Galera.



Hoje quero falar de um lançamento. É a história "Quase morto" publicada por mim na plataforma Chatflix.



Não conhece o Chatflix ainda? É um App super legal onde você lê histórias como se acontecessem num aplicativo de mensagens instantâneas. Isso deixa as histórias bem dinâmicas e divertidas.



Para mais detalhes, confira o vídeo que eu fiz.







E claro, curta e compartilhe o vídeo para dar aquela forcinha para nós.



Abraço



Dan Folter

segunda-feira, 10 de junho de 2019

YouTube - Neuromancer de Willian Gibson e leituras do mês - T02E13

Salve Galera



Hoje é dia de Cyberpunk no Desinformadoss.

Venha ver o que achamos de Neuromancer de Willian Gibson, obra que deu forma a esse estilo.









Nos ajude também a eleger a leitura de Junho. As opções são:

- Razão e Sensibilidade de Jane Austin

- Reverso de Karen Alvarez

- O sol também se levanta de Ernest Hemingway



Vídeo comentado nesta resenha - Orgulho e Preconceito de Jane Austin - https://youtu.be/lA8V532lx1E



Produzido por Dan Folter

Editado por Galiboor Design edição de vídeos (contato: yagami312@gmail.com)

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Resenha - Tudo por um sonho em Paris de Eline Sato

Salve galera!! Como estão?

Hoje eu vou resenhar para vocês outra leitura feita em conjunto com o Grupo de Autores Brasileiros no Facebook. E o livro escolhido foi Tudo por um sonho em Paris de Eline Sato.

CAPA: 

A capa condiz com o título. Nada mais parisiense que a toire Eiffel, certo?  

SINOPSE"A estória fala de uma menina que morava no interior de uma pequena cidade rural. Nina, uma menina simples e trabalhadora, com princípios familiares rígidos, e cheia de criatividade, sonhava em ir para Paris, na Europa, e estudar sobre moda realizando seu sonho de ser uma grande estilista. Deixando para trás sua família e as tradições, ela seguiu rumo ao seu sonho, no qual descobrirá com o tempo um preço. Depois de alguns anos, Nina estava prestes a realizar seu tão esperado sonho, quando durante uma viagem com destino à Viena, ela conhece alguém. Viena estava sediando um dos maiores eventos de moda, no qual Nina poderá ser consagrada na área da moda. A viagem de Nina se torna uma grande aventura com muito mistério e amor. Ela viajará em seu passado e terá que descobrir até onde poderá confiar nas pessoas à sua volta. Descobrirá o preço de entrar em um novo mundo, e até onde vale a pena o seu esforço. Uma estória repleta de lugares com detalhes nos quais as pessoas envolvidas se entrelaçam em uma trama de desejo, amor, paixão, incertezas e escolhas, que se misturam, para que um sonho seja alcançado."

DADOS TÉCNICOS: 2017, 264 páginas, Editora Oficina das Letras, Eline Sato

LINK DE COMPRA: https://www.amazon.com.br/dp/B07FVJC284

RESENHA: Tudo por um sonho em Paris conta a história de Nina, uma jovem que saiu de uma vida simples numa fazenda do interior do Brasil para realizar o seu sonho de ser uma grande estilista em Paris.
Para isso ela precisa deixar a família para trás, principalmente o pai, que acredita que o futuro da moça está em um casamento arranjado por ele.

Só que essa história não é bem sobre essa trajetória, já que temos apenas uma mostra de como Nina fez para conseguir viajar para a Europa. A história começa mesmo vários anos à frente, quando Nina já está estabelecida e viajando para um grande desfile que acontecerá em Viena, não em Paris.

ROMÂNTICO: Descobrimos então que o livro na verdade vai contar o que acontece com Nina nessa viagem, já que o tal desfile em Viena é uma espécie de confirmação do sucesso da mulher como estilista, apesar de parecer para mim que ela já está com um relativo sucesso nesse meio.

A partir daí conhecemos Lorenzo, um daqueles homens perfeitos que só existem em romances e como se dá a relação entre esse fotógrafo e Nina.

CONFLITOS: Com o passar da história descobrimos que Nina acaba de sair de um namoro de quatro anos e que Pierre (o ex) é um cara muito ciumento e possessivo. Descobrimos também que competidores do mundo da moda estão tentando impedir Nina de conseguir realizar o tão sonhado desfile.

Nessa parte temos algum suspense sobre as reais intenções de alguns personagens como o fotógrafo Lorenzo, a assistente de nina, Lis e o próprio Pierre, já que todos orbitam a personagem principal, na verdade eles praticamente a perseguem.

NÃO CHEGA A SER SURPREENDENTE:  Apesar de a autora tentar nos entregar algum suspense, o final do livro é bastante previsível, o que irá agradar em cheio aos fãs de romances do tipo chick-flick.

PERSONAGENS PERFEITOS: Achei que Nina e Lorenzo poderiam ter um pouco mais de defeitos. Tanto a protagonista quanto o seu par romântico acabaram parecendo pessoas perfeitas demais e até um pouco irritantes. É algo bastante comum dentro do gênero, mas uns defeitinhos teriam deixado as coisas mais verossímeis e ajudariam no suspense.

PARTE TÉCNICA SE SOBRESSAI: Em uma época onde livros sem nenhum cuidado técnico chegam às plataformas digitais, Tudo por um sonho em Paris chama a atenção pelo cuidado dispensado com a parte técnica. Capa, diagramação e revisão estão bem feitas e deixam o livro bastante profissional. Eu apenas diminuiria um pouco as passagens em Francês (apesar de haver tradução para todas) e faria uma preparação de texto um pouquinho mais cuidadosa. Mas, ainda assim, está acima da média do mercado.

CONCLUSÃO Tudo por um sonho em Paris é um livro que agrada em cheio ao público que gosta de histórias românticas, beirando o conto de fadas, o que não é exatamente o meu estilo favorito. É uma leitura rápida e divertida, apesar de não surpreender.

Nota 3 no Skoob, um livro competente naquilo que se propõe a fazer.

E você? já tinha lido ou sequer ouvido falar dessa obra? Então diga aqui o que achou ou a sua expectativa de leitura.

Abraços

Dan Folter

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Youtube - "A Grande Aventura" de Luiz Amato - T02E12

Salvem Desinformadoss



Venham conhecer o livro do Luiz Amato no vídeo dessa semana. Garanto que será uma grande aventura!







E se quiserem saber como ter o seu livro por aqui também, só chamar inbox que eu te passo os detalhes



Dan Folter

segunda-feira, 20 de maio de 2019

YouTube - Dicas para ler mais - T02E11

Olá Amigos desinformadoss, tudo bem com vocês?



Quer saber como ler mais?

Então assista ao nosso vídeo mais recente sobre o assunto.







E depois deixe seu comentário aqui ou lá no vídeo com as suas dicas e as suas experiências



Abraço a todos



Dan Folter

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Lançamento - Corações Aflitos de Felícia Tatum com tradução de Dan Folter

Salve amigos desinformadoss.

E chegou a hora de falar de mais um livro traduzido por mim lançado aqui no Brasil pela Babelcube e disponível em todas as plataformas de livros digitais.
Dessa vez, vamos falar do romance Corações Aflitos de Felícia Tatum.

Então vem comigo saber um pouco mais sobre essa obra que você já pode ler em Português.

CAPA:

É romance que você quer? Então aproveita!

SINOPSEDaphne e Zander

Podem duas almas perdidas encontrarem um jeito de ficarem juntas? Será que eles vão ver que o amor não é algo que poucas pessoas têm, mas algo que eles também podem alcançar?

Daphne Waterman é uma designer de interiores despreocupada durante o dia, mas ela tem um segredo. Escondendo sua condição de todos ao seu redor, ela luta contra suas emoções e pensamentos, até que uma de suas noites se encontra no casamento de sua melhor amiga, Francesca Taymon.

Zander McKinney ganhou muito dinheiro recentemente. Como sua vida está de cabeça para baixo, ele se esforça para fazer as mudanças para viver a vida que ele quer, em vez do que todo mundo quer para ele. Quando uma beleza de cabelos negros desliza em sua cama e rouba seu coração, ele sabe que nunca mais será o mesmo.

Ele será capaz de romper suas barreiras e fazê-la ver que o amor não é uma ilusão? Ele pode domar seu coração aflito?

DADOS TÉCNICOS: 2018, 178 páginas, Babelcube, Felícia Tatum, Dan Folter



RESENHA: Corações Aflitos é um romance bastante inusitado, já que coloca duas pessoas com bastante problemas pessoais em um relacionamento.

Daphne é uma mulher que sofre de uma grave depressão, mas faz de tudo para ocultar isso da família e dos amigos.
Zander é um homem cheio de problemas com a família, mas que recebeu uma fortuna indesejada e agora não sabe como proceder.

MAL ENTENDIDOS: Um bom romance fica mais divertido quando há uma série de mal entendidos, daqueles que você leitor sabe, mas os personagens não. E corações aflitos tem várias situações em que você fica torcendo para o personagem agir de uma forma, mas ele ou ela age de outra.

Isso deixa a história bastante imprevisível e divertida. Você vira as páginas com rapidez e fica sempre com vontade de saber o que vem em seguida.

PERSONAGENS TRIDIMENSIONAIS: Muitas vezes, os romances acabam sendo superficiais e trazem personagens esteriotipados como o "cafajeste" e a "mocinha independente", mas isso não acontece em Corações Aflitos.

As personagens são pessoas com problemas bastante plausíveis, assim não ficamos com aquela sensação de estarmos lendo algo sobre "pessoas de plástico", mas sim de alguém como eu ou você.

Daphne sofre de depressão, algo que seria bastante normal nos dias de hoje, mas a moça se vê como um tipo de monstro e decide não se relacionar com ninguém de forma duradoura.
Ela sai à noite disfarçada para "caçar" e é numa dessas saídas que acaba encontrando com Zander... apesar de ambos não imaginarem isso.

Zander tem um histórico de problemas familiares com uma mãe que ele julga culpada pela separação dos pais e uma irmã que ficou desajustada em virtude desses problemas. Para piorar ele acaba como um laranja nos negócios de um tio desonesto e acaba recebendo uma bolada, mas como sabe que o dinheiro é oriundo de fontes suspeitas, ele não sabe como lidar com isso.

CAMINHOS CRUZADOS: Quando esses dois se cruzam, vindo de mundos tão diferentes, com tantos problemas para resolver, você não sabe se torce contra ou a favor deles. Será que ficarem juntos é uma boa solução para ambos?

Mas calma, porque as coisas ficam ainda pior quando Daphne reconhece Zander daquele primeiro encontro...e eu vou parando por aqui para não dar spoiler para vocês.

Leiam Corações Aflitos de Felícia Tatum com tradução minha e depois avaliem o livro e me digam se gostaram do resultado.

Grande abraço

Dan Folter (da equipe desinformadoss)

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Resultado do sorteio de 150 inscritos no canal

Resultado do sorteio de 150 inscritos no nosso canal do Youtube.

Confere lá se você ganhou!







Mas se você não ganhou, não tem problema. Mande um e-mail para danielregis@hotmail.com e peça o seu exemplar autografado por apenas R$ 25,00 + o frete.



E continue inscrito para participar de novos sorteios.



Obrigado a todos que participaram



Dan Folter

quinta-feira, 2 de maio de 2019

YouTube - O bosque de Faias e leitura de maio

Salve amigos desinformadoss.

Hoje é dia de vocês conferirem o que achamos de "O bosque de Faias", leitura de abril escolhida por vocês.

Clique para assistir:


E aproveite para votar na nossa leitura de maio. As opções são:
- Lobo de Rua de Jana P. Bianchi
- Neuromancer de Willian Gibson
- Depois do Funeral de Aghata Christie

Para votar, use os cards integrados ao vídeo.

Grande abraço a todos

Dan Folter

terça-feira, 16 de abril de 2019

YouTube - A Revolução dos bichos - T02E09

Salve galerinha!!!



Hoje falamos sobre esse grande clássico da literatura mundial, discutimos a fábula, sua proibição por motivos políticos e tudo mais que você precisa saber sobre essa maravilhosa obra de George Orwell



E aproveite para saber mais sobre o meu romance "Um Poema de Guerra" e saber como garantir o seu!







Grande abraço



Dan Folter!

terça-feira, 9 de abril de 2019

Lançamento - Surpresa ao pôr do sol de Natalie-Nicole Bates com tradução de Dan Folter

Salve amigos desinformadoss.

Outro dia eu falei pra vocês do meu trabalho como tradutor para o Babelcube e agora eu vou falar sobre a segunda obra traduzida por mim, que é "Surpresa ao pôr do sol" da autora norte-americana Natalie-Nicole Bates.

Então vem comigo saber um pouco mais sobre essa obra que você já pode ler em Português.

CAPA:

Um romance na praia? É bem por aí. A capa brasileira acabou mantendo algumas informações em Inglês da original...

SINOPSEPoderão um pôr do sol, um beijo, e uma ideia louca a convencerem a ficar em Sunset Beach?

A vida de Summer Whitney está saindo do controle. Após a morte do seu noivo, ela fechou seu estúdio de tatuagens e viajou o mundo procurando por algo ao alguém para se apoiar.

Uma reunião em Sunset Beach levou à decisão de voltar para casa em busca de reaproximação com as amigas e a família. Mas uma visita surpresa do ex amor Kimon Galanos trará notícias chocantes sobre o passado — e o presente.

Summer ficará em Sunset Beach por tempo suficiente reacender a chama do amor e encontrar a felicidade perdida ou ela fugirá novamente, desta vez para sempre?

DADOS TÉCNICOS: 2018, 100 páginas, Babelcube, Natalie-Nicole Bates, Dan Folter



RESENHA: Surpresa ao pôr do sol está definido como um romance-drama-erótico e concordo que essa seja a melhor definição para a obra.

A história traz uma jovem mulher de nome Summer (optamos por manter original) que significa "verão" e que vive um momento delicado de sua vida.
Summer perdeu um namorado de forma precoce, e esse namorado era até então o grande amor de sua vida.
Graças à essa perda, Summer está sem rumo.

DE CABEÇA PARA BAIXO: Mas a vida de Summer muda completamente quando ela acaba adormecendo na praia e acorda vendo a figura de Kimon Galanos, um antigo amor que a deixara anos atrás.
O encontro não é uma coincidência, já que o jovem médico grego voltou para contar-lhe que ainda estão casados...

COMO ASSIM: Sim, eles foram casados por um curto período no passado, mas vários problemas aconteceram e ele precisou ir embora.
Agora Kimon e Summer precisam dar uma forma de anular esse casamento, se divorciarem, afinam eles não se amam mais... (será?)

A trama então passa a revelar através da conversa do casal como as vidas deles evoluíram desde a última vez em que se viram até o tempo atual, mas não vou me prolongar senão entramos no perigoso campo dos spoilers.

CONCLUSÃO: Surpresa ao pôr do sol é um livro curtinho, de leitura leve e rápida, indicado para quem gosta de um bom romance com algumas cenas um pouquinho mais quentes.
Não dá pra esperar por grandes discussões filosóficas, já que este nem é o propósito da obra, mas sim ser aquela leitura bem leve, ótima para curar ressacas literárias.

Você encontra o livro disponível em todas as melhores plataformas digitais, para ler quando quiser.

Lembre-se que, ao comprar essa obra, você me ajuda a continuar traduzindo outros livros para o nosso mercado, então dá uma forcinha aí e adquire o seu. Depois me diga o que achou da tradução e da história.

Grande abraço

Dan Folter (da equipe desinformadoss)

terça-feira, 2 de abril de 2019

YouTube - A dor e a escuridão e leituras de Abril - T02E08

Salve queridos desinformadoss, tudo bem com vocês?



Hora de contar a vocês sobre as minhas impressões de "A dor e a escuridão" e de votar na leitura de abril.







Não deixem de dar aquela força se inscrevendo no canal, curtindo e compartilhando o vídeo.



Abraço



Dan Folter

sexta-feira, 29 de março de 2019

Watchman - Análise Literária

Feliz 2019 a todos!

E hoje vamos fazer uma análise dessa obra sensacional que é Watchman.

ATENÇÂO!
Tanto o vídeo quanto o post têm spoilers, então se você não leu a obra nem leu o filme, pare agora, leia, assista e depois volte aqui.

Vambora?

Assista também ao vídeo: 

DADOS TÉCNICOS: 1986, 416 páginas, DC, Alan Moorre, Dave Gibbons


CAPA


Capa (ou capas se pensarmos no lançamento original em 12 edições) genial. A capa sempre contém um elemento que será ampliado na própria história.

Nota 5,0

SINOPSEO ano é 1985. Os Estados Unidos são uma nação totalitária e fechada, isolada do resto do mundo. A presença de arsenais nucleares e dos chamados super-heróis mantém um certo equilíbrio entre as forças do planeta... até que o relógio do fim do mundo começa a marchar para a meia-noite e a raça humana para um abismo sem-fim. 
A sombria e inigualável trama tem início com ilusões paranoicas do supostamente insano herói Rorschach, um dos Watchmen que patrulhavam os EUA décadas atrás. Mas ele estaria realmente insano ou na verdade teria descoberto uma sórdida conspiração para assassinar super-heróis -- ou, pior ainda, milhões de civis inocentes? Fugindo da lei, Rorschach junta-se a ex-companheiros do passado em uma desesperada tentativa de salvar suas próprias vidas... e o que acabam descobrindo, além de abalar suas estruturas, poderá alterar o próprio destino do planeta Terra! 
Seguindo duas gerações de heróis mascarados, desde a Segunda Guerra até os tensos anos da Guerra Fria, surge esta pioneira epopeia de ódio, amor, reencontros impossíveis, grandes reviravoltas e muita ação, como só a criatividade de Alan Moore e Dave Gibbons poderia conceber! 
WATCHMEN foi considerada pela revista TIME uma das cem melhores obras em língua inglesa de todos os tempos. .

Quadrinhos não possuem sinopse propriamente dita, então pesquei uma feita para a versão nacional, apenas para que o leitor se informe a respeito da obra.


PÚBLICO-ALVO: O público-alvo de watchmen na época de seu lançamento era formado pelos leitores de super-heróis da época. Pensamos então em adolescentes do sexo masculino em sua maioria. Até por isso a pequena presença de personagens femininas na obra e a falta de preocupação com a diversidade em alguns ângulos.
Graças à ela (e a várias outras da mesma época) o público-alvo deixou de ser tão limitado e se tornou o que vemos nos dias atuais.

Nota 4,0

TRAMA/ENREDO: A obra mostra (aparentemente) a investigação do assassinato de um antigo vigilante mascarado (O comediante), mas vai engrandecendo e ganhando camadas.
É o tipo de obra que revela novas facetas e detalhes cada vez que é lida.
Quebrou vários paradigmas em sua época e ainda funciona muito bem, mesmo mais de 30 anos após seu lançamento.

Nota 5,0 

NARRAÇÃO: Aqui vou falar um pouco sobre a arte, já que se trata de um quadrinho. A arte de Gibbons pode até parecer simplória para alguns, mas eu acho muito acima da média e perfeita para a obra.
A riqueza de detalhes e referências é absurda e também merece ser relida apenas para se apreciar a essa parte.
Detalhe para o capítulo V que tem as páginas simétricas (a primeira com a última e assim por diante), assim como o detalhe de o primeiro quadrinho e o último mostrarem a mesma imagem.

Nota 5,0

VEROSSIMILHANÇA: Antes de watchmen o mundo dos super-heróis era apenas o nosso mundo como ele é, só que cheio de pessoas com poderes.
Aqui o mundo se alterou em virtude desses seres ao ponto de o resultado de guerras e eleições presidenciais terem sido alteradas.
A verossimilhança é irretocável.

Nota 5,0

PERSONAGENS: Watchman não é uma obra sobre super-heróis. É uma obra sobre vigilantes, pessoas totalmente tridimensionais, cujas escolhas e princípios fazem diferença na história.
Cada personagem tem as suas origens e seus dramas profundamente explorados, ao ponto em que chegamos a concordar com escolhas que seriam de outra forma duvidosas devido à habilidade dos autores em nos fazerem compreender o porquê de cada uma delas.

Nota 5,0

LINGUAGEM: A linguagem é um pouco mais truncada do que se esperava para um quadrinho da época. Há texto para ser lido em grande quantidade.
Mas a escolha foi necessária justamente para subir o nível dos temas abordados. Pode ser um pouco difícil para adolescentes e praticamente incompreensível para crianças.

* inclusive, pelos temas abordados, não é uma obra indicada para crianças.

Nota 4,5

DIÁLOGOS: Os diálogos são inteligentes, carregados de ironia e de mensagens retóricas, até por isso fica complicado para os mais novos compreenderem as nunces da obra.
Exemplo: Numa fala do comediante, ele é perguntado sobre o sonho americano e responde que ele foi realizado. É preciso conhecimento do que é o sonho americano para compreender essa fala e isso se repete por toda a obra.

Nota 5,0

FINAL: O final da obra é outra grande quebra de paradigma e lá entendemos definitivamente que Watchmen não é sobre heróis, uma vez que decisões questionáveis são tomadas.
Até por isso, muita gente não gostou do final na época do lançamento.
Algo que também costuma ser questionado é que o final é aberto. A revista termina com um gancho, já que os personagens optam por ocultar tudo o que aconteceu, sem saberem que um diário contando boa parte de tudo foi encontrado pela redação de um jornal.
Cabe ao leitor imaginar o que aconteceu em seguida, apesar de muitas pessoas preferirem uma explicação.
Em minha opinião, o final é irretocável.

Nota 5,0

CONCLUSÃO: Watchmen é uma obra para ser aplaudida de pé, cheia de camadas, quebra de paradigmas e desconstrução. Se você ainda não a leu, corra porque vale muito a pena.
E o filme?
O filme funciona razoavelmente bem para quem leu a revista, mas só consegue mostrar uma das camadas superficiais da trama, além de alterar algumas coisas, como o final. O ideal seria mesmo uma série com 12 episódios onde seria possível mostrar com mais calma os acontecimentos.


A nota final de 4,8 mostra bem a qualidade da obra. Um dos melhores quadrinhos, bem como obra literária de todos os tempos.

E você já eu essa obra? Qual a sua opinião à respeito dela? e desta avaliação?

Converse com a gente através dos comentários.

Abraços literários

Dan Folter!

terça-feira, 26 de março de 2019

YouTube - Nunca olhe para dentro e A grande aventura - T02E08

Salve Galera. Tudo bem com vocês?



E hoje tem vídeo novo no canal. Falando de literatura nacional com os livros Nunca olhe para dentro de Amanda Ághata Costa e A grande aventura de Luiz Amato​.







Não deixe de se inscrever e comentar



Abraços



Dan Folter

segunda-feira, 11 de março de 2019

YouTube - Watchmen - T02E06

Bem vindos ao Desinformadoss.

E hoje falamos de Watchmen, esse grande clássico da literatura em quadrinhos.



Preencha o formulário para participar do nosso sorteio - https://goo.gl/forms/0lDnwrmlOoFpaq3y1











Curta o vídeo e se inscreva no canal ou compartilhe nas suas redes sociais!!



Produzido por Dan Folter

Editado por Davi Ferreira edição de vídeos (contato:yagami312@gmail.com)



Abraços



Dan Folter

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Lançamento - Além da torre de Marfim - Jill Blake com tradução de Dan Folter

Salve amigos desinformadoss.

E se desse pra ganhar dinheiro com esse negócio de literatura? Seria bom né?

Foi por isso que resolvi me juntar ao time do Babelcube, um serviço de tradução de livros de e para diversos idiomas. Meu primeiro trabalho, foi trazer para o Português o romance "Beyond the Ivory Tower" e o resultado vocês já podem conferir em "Além da torre de marfim"

CAPA:

É romance daqueles popularizados em banca de jornal? É sim. Mas tem uma pegada hot...

SINOPSESe há uma coisa em que a professora de matemática Anna Lazarev acredita é no valor da educação superior. Então quando sua irmã anunciou que estava saindo da faculdade, Anna colocou a culpa diretamente no homem que inspirou a rebelião de sua irmã.


O defensor do capitalismo Ethan Talbot afirma que o sistema acadêmico americano está quebrado. Sua solução? Pagar os melhores estudantes para largarem a escola e perseguirem seus sonhos empreendedores não desperdiçando tempo e dinheiro em um diploma universitário.


Em uma apaixonada batalha pelos corações de uma nova geração, Anna fará o que for preciso para provar que Ethan está errado. Mas quando as buscas dele assumem um lado pessoal, irá ela sacrificar seus princípios para ganhar a discussão?

DADOS TÉCNICOS: 2018, 145 páginas, Babelcube, Jill Blake, Dan Folter



RESENHA: Além da torre de marfim é um daqueles romances clichês onde o mocinho e a mocinha tem tudo para se odiarem, mas acabam se amando. E isso não é ótimo?

Anna Lazarev é uma professora de matemática com uma cadeira fixa em uma universidade e que vê sua irmã mais nova desistindo da faculdade para entrar no ramo das startups.

Ethan Talbot é um empresário milionário e bonitão que financia ex-estudantes universitários para que estes consigam um lugar no mercado de trabalho sem que a universidade seja necessária.

O choque entre eles é inevitável, assim como a atração que surge desde a primeira vez em que se encontram.

A partir daí eles precisarão resolver as suas diferenças ou tudo não passará de algumas boas noites juntos... E eu vou parando por aqui para não entrar no spoiler.

HOT: Além da torre de marfim é uma daquelas obras que sabem usar o HOT como uma forma de enriquecer a história, não se limitando apenas a falar sobre sexo e isso torna a trama bem mais rica, sem desagradar a quem gosta de umas cenas mais quentes. E elas são várias.

DRAMA: Sim, além do romance e do hot, também há espaço para um pouco de drama, já que a vida desse casal não foi nem um pouco facilitada pela autora e eles vão passar por vários tipos de situações problemáticas. Vai ter paparazzi, tiroteio e helicóptero...

CONCLUSÃO: Além da torre de marfim é uma obra que vai agradar em cheio a quem gosta de um bom "romance de banca", mas também vai agradar a leitores um pouquinho mais exigentes e que procuram por uma história com cenas picantes, mas com uma trama inteligente e divertida.

Foi muito divertido fazer essa tradução e nas próximas semanas eu vou contar para vocês sobre outras obras que a Babelcube está trazendo ao mercado brasileiro e que foram traduzidas por mim.

Quando lerem o livro, não deixem de me dar um feedback sobre a tradução, assim eu posso fazer trabalhos ainda melhores no futuro.

Grande abraço

Dan Folter