quinta-feira, 28 de abril de 2011

Matuto e o peido


Segundo as palavras do próprio:

"Hoje eu estava tomando um café, no Bar do Carlão, quando
desesperadamente precisei peidar.
A música estava bem alta, então calculei para soltar o
gasoso em sincronia com o ritmo.
Não deu outra. Lá se foi a feijoada, molho de repolho e ovos cozidos sendo dispensados no ritmo da música.
Fiquei orgulhoso pelo peidão; depois da música comecei a me sentir melhor e mais aliviado.
Terminei meu café tranquilamente; só então notei que todo mundo estava me olhando.
Então lembrei que estava escutando música no meu iPod...
Nunca mais tomo café ali.”
Postar um comentário