domingo, 15 de janeiro de 2012

O Matuto e a rodinha

Calma, calma. Não é essa rodinha que você está pensando, pervertido. É apenas uma regular rodinha de amigos, daquelas onde todo mundo conta histórias, a maioria mentira mas a vida é assim né...
Pois bem. Tava lá o Matuto prestando atenção nas conversas, louco para mostrar toda a sua sabedoria e a oportunidade não tardou a calhar.
Um conhecido contava sobre como um dos caras da empresa estava noivo de uma moça que havia estudado no mesmo colégio que eles no ensino médio.
Não sabendo que o cara estava presente na rodinha, o Matuto resolveu dar a sua opinião:
- Ele tá namorando com a Priscila? aquela do treinamento?
- Isso essa mesmo.
- Essa aí era a maior vagaba da escola, dava mais que chuchu na cerca.
O pessoal tentou sinalizar para ele parar, o atual namorado estava alí, eles estavam comprando um apartamento juntos, não precisava ouvir aquelas verdades. mas o Matuto engatou a quinta:
- Sabe qual era o apelido dela na época? Era mais um! nem preciso dizer porque né!
Um dos caras tentou terminar com a tortura e fazia de tudo para que o Matuto encerrasse o seu discurso mas a rodinha foi dispensada com uma última frase do rapaz:
- Cara, quer parar de chutar o meu pé?
Postar um comentário