segunda-feira, 10 de maio de 2010

Matuto e a caipirinha



Não, Esta estória não é sobre a namorada do matuto. Ele continua com a moça da calça social preta.
Este causo é sobre um dia em que ele foi comer uma feijoada. Sabadão, galera trabalhando e chega a hora do almoço. Feijoada para todo mundo.
Matuto é um cara conciente e não quis caipirinha, se sóbrio ele já faz Mer.. imagina bêbado. Uma coca zero com limão no copo por favor.
Mas aí começou a chegar a caipora do pessoal e o matuto salivava... louco para experimentar aquela bebida nacional tão aclamada. O garçom passou e ele deu uma cutucada - Dá uma caipirinha pra mim também maninho.
Dali a pouco chegou o garçom com as capirinhas do pessoal que tinha pedido antes e o matuto, todo cheio de sí reclamando: - é por que a minha não chega, cadê minha coca, bla bla bla, bla bla bla.
O garçom finalmente chegou com o copo e o Matuto mostrou que é macho. Mandou tudo pra dentro numa virada só, fez aquela cara de quem toma uma 51 no bar, careta feia do inferno!
Mais um minuto volta o garçom com a coca e quando vai colocar no copo...
- Você bebeu todo o limão do copo?
- Não era a caipirinha?
E todos riram do Matuto e vieram contar pra nós essa pérola.
Postar um comentário