segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Literatura - Resenha - Animal Farm (A revolução dos bichos)

Às vezes, as melhores coisas da vida são mesmo as mais simples. 
E é nessa categoria que se encaixa a revolução dos bichos (Animal Farm) de George Orwell.
O autor, que nasceu na Índia nos traz a simples história de um grupo de animais que resolve acabar com as injustiças causadas a eles pelos humanos, tomando para eles o controle da fazenda onde vivem.

O lema que vem na contra capa do livro já diz: "todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais do que outros"

É com esse clima que a história, curta e precisa, nos leva a perceber o quanto o poder corrompe quem o tem. A sociedade igualitária dos animais é, nada mais, nada menos, do que um imenso paralelo com sociedade humana.

Aqui cabe uma advertência. Esse livro foi usado durante a guerra fria como propaganda pró capitalismo, pois entendia-se que o sistema que ele critica é o comunismo. Não caia nessa. O sistema criticado é todo aquele que oprime muitos para privilegiar uns poucos. Não perca seu tempo misturando política com essa espetacular obra literária.

A edição que eu li (exatamente essa capa da ilustração) é uma versão em inglês com um pequeno dicionário e uns exercícios no final. É ideal pra quem já tem um bom nível, mas que se aprimorar no idioma. Se você não está nesse grupo, pegue a versão traduzida.

Em suma, é um livro que todo ser humano deveria ler uma vez (ou mais) na vida. Deveria ser usado nas escolas.
É divertido, é simples, é uma lição de vida. 
Leia!
Postar um comentário