terça-feira, 15 de agosto de 2017

Resenha - Pirados de Camila Martins

Meus caros desinformadoss.
Em primeiro lugar, me desculpem pelo hiato no blog, mas a correria com o trabalho, os estudos e a escrita tem tomado muito do meu tempo para ler e escrever.

De qualquer forma, vamos curtir mais uma resenha aqui do canal.

Capa:



A capa, apesar de bonita e chamativa, não é de fácil leitura à primeira vista. Mas elementos importantes da obra estão presentes e podem ser reconhecidos melhor após a leitura.

SINOPSEBarbara sabe que não é normal. Ela reconhece que sua possessividade a impede de muitas coisas. Apesar disso, ela conta com uma melhor amiga, Nanda, que desde a infância a acompanha e a ama como uma irmã. . 
O tempo passa e tudo parecia tranquilo, até ressurgir um certo alguém do passado:
Eduardo que convive, desde que se entende por gente, com um transtorno obsessivo por organização. Ele gosta de ver tudo em seus devidos lugares e confere até os milímetros. Ele quer melhorar, quer ser menos problemático, mais inteiro e tem na bagagem uma vida solitária, apesar de nunca ter ficado só.
Ela quer tudo pra si. Ele quer tudo em seu lugar. Eles tem pendências que vêm da época da escola. O destino os reúne em um elevador. O que podemos esperar desse reencontro?


DADOS TÉCNICOS: 2016, 450 páginas, Editora Chiado, Camila Martins
RESENHA: Pirados (perfeitamente bagunçados) conta a história de Bárbara, uma mulher com problemas para se relacionar com outras pessoas devido à sua possessividade e Eduardo, um homem com mania por arrumação, o famoso TOC. E do romance que surgirá (ou não) entre eles.

COMEÇO DIVERTIDO: Os primeiros capítulos de Pirados conseguem fisgar bem o leitor, graças ao interessante perfil dos dois personagens principais e de alguns coadjuvantes. Esses personagens não são nada bidimensionais e carregam bem a história. Quando você vê já está interessando e passando as páginas.

PERSONAGENS: O ponto alto de Pirados é o desenvolvimento dos personagens, suas manias e problemas. O livro é todo escrito em primeira pessoa, alternando a narração, principalmente entre Bárbara e Eduardo, mas com alguma participação dos coadjuvantes também. Muitas vezes, um mesmo fato é narrado por mais de uma perspectiva, ajudando o leitor a entender o que realmente aconteceu, já que a primeira pessoa muitas vezes esconde os fatos, já que contém a opinião do personagem.

FALTOU CONFLITO: Pirados é uma história de amor e não se envergonha disso. O grande conflito da obra é se o casal irá terminar junto ou não, o que acaba ficando um pouco maçante entre o meio e o final da obra. As idas e vindas do casal, salvo por um acontecimento quase no final, não me convenceram de que algo daria errado.
Pirados também não tem um antagonista ou vilão. São as características dos próprios personagens que os impedem de conseguir o que querem. É bastante humano e verossímil, mas um pouco chato para quem lê.

AÇUCARADO: Não gosto de rotular livros e chamar Pirados de ChickLit seria ir por nessa onda, mas o livro é feliz em demasia. Todas as pessoas são boas, honestas e amorosas demais, sendo que as ações ruins são sempre enganos sem nenhuma má intenção. É uma obra para quem gosta de ler e fazer "aownnnn" o tempo inteiro.

MUSICAL: Uma parte bastante interessante da obra é a sua relação com as músicas. trechos de letras são muito bem aproveitados para mostrar como os personagens se sentem e permeiam várias das ações da obra. Bárbara tem até uma seleção de músicas para tomar banho.
Destaque para a lembrança da excelente banda "Nenhum de nós", um grupo de muito talento que não fez o sucesso que merecia.

AVALIAÇÃO: Pirados é aquele livro alegre, para quem quer uma obra divertida e de bem com a vida.  Não iremos avaliar a parte técnica pois a obra por nós lida é a versão que está no wattpad, antes de ser devidamente revisada e ganhar a versão impressa.
Leia se você gosta de romances, primeira pessoa e positivismo.
Não leia se procura por grandes discussões filosóficas, fantasia ou ficção.

Ganha nota 3,5 no Skoob. Um bom livro que deve lançar Camila Martins para a edição de outros materiais.


E você, desinformado? Já leu Pirados? O que achou da obra?
E o que achou dessa resenha?

Deixe seu comentário abaixo:
Postar um comentário