domingo, 15 de maio de 2016

Resenha - E de Extermínio - De Cirilo Lemos


Quando estava na metade da leitura de E de Extermínio do autor brasileiro Cirilo Lemos, eu já tinha uma opinião formada sobre a obra e o autor: Corajosos, muito corajosos.

Me explico. O livro publicado pela editora Draco é uma imensa mistura de itens que não parecem combinar entre si. Temos cyberpunk, dirigíveis, imperadores, amigos imaginários, freiras armadas, americanos, soviéticos e a távola redonda.

A chance dessa mistura ter virado uma imensa galhofa era grande, mas a habilidade do escritor tornou possível que um ótimo livro viesse ao mundo. E de Extermínio é um romance histórico que aproveita fatos do passado para criar um mundo muito interessante. 
A história se passa durante o período da segunda grande guerra e mostra um Brasil politicamente diferente do que era naquela época, com uma participação maior naqueles eventos.

Os personagens protagonistas são daquele tipo que, mesmo não sendo pessoas perfeitas, você torce pelo sucesso deles o tempo todo. E os nomes deles também são muito interessantes. Cirilo usa nomes como Deuteronômio e Protásio para batizá-los. Corajoso!
A trama também funciona muito bem, sendo aquele tipo de livro que nos ajuda a ler mais rápido, porque instiga a curiosidade.

Infelizmente, repete-se o problema que tenho visto muito em obras nacionais que é a falta de revisão. O autor escreve muito bem e a maioria dos erros (que nem são muitos) poderia ter sido facilmente corrigida por um revisor experiente.

Sabemos que os custos ainda dificultam e nem por isso, deixaríamos de recomendar uma leitura desse ótimo livro. 

Levou 4 estrelas de 5 no skoob. Leia você também e incentive os bons autores brasileiros.
Postar um comentário